24/01/2017 - 3 minutos de leitura.

Trump deve dar incentivos fiscais a fabricas americanas

Em reunião com cúpula de Ford, GM e FCA, presidente americano diz poder apressar aprovações para novos investimentos no país

Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.


Donald Trump

Depois de ameaçar sobretaxar montadoras que importarem carros para os Estados Unidos, o novo presidente do país, Donald Trump, agora poderá dar incentivos fiscais para a abertura ou ampliação de fábricas de automóveis em território americano. O republicano declarou intenções mais amigáveis às fabricantes numa reunião com os CEOs de Ford, GM e Fiat Chrysler nesta terça-feira (24).

De acordo com informações da agência Automotive News, Trump afirmou ser possível cortar custos regulatórios em pelo menos 75%. O presidente dos EUA disse também que as aprovações para novas fábricas sairão mais rapidamente.

Boa parte da reunião foi a portas fechadas, mas sabe-se que o CEO da Ford, Mark Fields, falou mais sobre reforma nos impostos, regulações e comércio exterior. “Tivemos uma discussão ampla e construtiva sobre como podemos trabalhar em políticas de suporte a uma economia e indústria automobilística forte e competitiva que se preocupe com segurança e o meio ambiente”, disse a CEO da GM, Mary Barra.

Sergio Marchionne, todo poderoso do Grupo FCA, também esteve no encontro, e saiu dizendo que aprecia o esforço do novo presidente em tornar os Estados Unidos um país atraente para os negócios novamente.

Depois das ameaças de taxas mais altas à importação de veículos, dirigidas a fabricantes como BMW e Toyota, que mostraram interesse em investir no vizinho México, Ford, FCA e GM logo anunciaram novos investimentos nos Estados Unidos.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais