Redação

28/02/2020 - 4 minutos de leitura.

Veja todos os detalhes do novo Renault Duster 2021

Novo Renault Duster 2021 começa a ser vendido em março com mudanças discretas no visual e equipamentos inéditos

Duster
Novo Renault Duster Crédito: Renault/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

O Renault Duster vai mudar em março. Ainda não será uma nova geração, que não tem data para acontecer, mas a reestilização já deu ao SUV faróis integrados à grade com luzes diurnas de LEDs, para-choque com entrada de ar maior e faróis de neblina, capô mais alto com vincos mais salientes e as polêmicas lanternas traseiras que lembram muito, mas muito mesmo às do Jeep Renegade.

CURTA O CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Por dentro, no entanto, o Duster mudou mais que por fora. A estrutura visual compartilhada com Sandero e Logan de antes dá lugar a um painel quadradão. Mas muito mais interessante, com as saídas do ar-condicionado bem moderninhas. A renovação permitiu ainda colocar a tela de oito polegadas da central multimídia em uma posição muito melhor ergonomicamente que antes.

A direção passa a ser elétrica e há ajuste de profundidade na coluna de direção. Os bancos agora possuem mais apoio lateral para motorista e passageiro. Encosto de cabeça e cinto de segurança de três para o passageiros traseiro do meio também estão lá.

Segundo a revista Quatro Rodas, a nova versão de entrada do carro se chama Zen, e vem com rádio, rodas de aço, computador de bordo e vidros elétricos. E ganha central multimídia, roda de liga leve e faróis de neblina como opcionais. Na configuração intermediária Intense, ele tem ar-condicionado digital, câmera de ré com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, piloto automático, faróis de neblina e rodas de 17 polegadas.



Versão do topo do Duster tem itens inéditos

Na versão Iconic de topo há equipamentos que não estavam presentes no SUV até então. São eles câmeras de estacionamento na frente e nos retrovisores, alerta de ponto cego, partida por botão, travamento automático das portas por proximidade, sensor de luz para os faróis e roda de 17 polegadas. Apesar destes avanços em segurança, o Duster continua com apenas dois air bags. Os preços ainda não foram divulgados pela Renault, mas deverão ficar entre R$ 72 mil e R$ 89 mil.

Sob o capô, a Renault mantém o mesmo motor 1.6 Sce flexível de sempre. Ele gera até 120 cv e 16,2 mkgf. A única novidade é sistema start-stop que ajuda a economizar combustível. Porém, o defasado tanquinho de partida a frio ainda está lá. O novo motor 1.3 turbinado da Renault só deve estrear no novo Duster quando ele não for mais novo, no fim de 2020.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais