Nova geração do Volvo V40 será ‘pseudo-SUV’

Hatch ganhará porte para acomodar baterias de sistema híbrido; perfil mais alto também vai conquistar compradores que migraram para SUVs maiores

V40
Hatch atual ainda usa plataforma derivada da Ford, de quando a Volvo era de sua propriedade Crédito: Foto: Volvo/Divulgação

A próxima geração do Volvo V40 deverá ser um bocado diferente do modelo atual. A marca deverá transformar o hatch médio num “pseudo-SUV”, posicionado abaixo do XC40. O modelo deverá ter posição de dirigir mais alta e versões eletrificadas.

Esses dois pontos foram colocados como cruciais para o novo V40 fazer algum sucesso dentro da gama da Volvo. A mudança de caráter virá da adoção da plataforma modular compacta da marca, a CMA. A base, que também é usada pelo XC40, vai dar mais flexibilidade ao modelo.

O V40 atual é o carro mais antigo da Volvo. O hatch ainda é feito sobre a plataforma Global C da Ford, que era compartilhada com a antiga geração do Focus.

Segundo Lex Kerssemakers, responsável pela marca em mercados da Europa, Oriente Médio e África, a solução para a Volvo manter o V40 no segmento compacto é transformá-lo num “quase SUV”. “Se crescermos o carro em largura e comprimento para acomodar as baterias, o colocamos num segmento superior, onde já temos os S60, V60 e XC60. Então precisamos usar altura da carroceria, por isso o direcionamento para um SUV”, afirmou o executivo.

Visual meio termo

O visual deverá ficar num meio termo entre hatch e SUV. Possivelmente, a Volvo possa entrar no mercado de SUVs cupê, de acordo com projeções da revista inglesa Autocar. Em relação ao XC40, o novo V40 terá teto mais baixo, deixando o hatch com perfil mais esportivo.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas