Redação

03/07/2019 - 2 minutos de leitura. Atualizado: 04/07/2019 | 11:26

DPVAT diz que jovens motociclistas sofrem mais acidentes

Dados do DPVAT apontam que faixa entre 18 e 34 anos corresponde por 40% das indenizações pagas por acidentes

dpvat
Motociclistas representam maior parte dos acidentes registrados Crédito: Foto: Gabriela Biló/Estadão
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Um levantamento de dados do Seguro DPVAT mostrou que jovens motociclistas ainda formam o grupo que mais sofre acidentes de trânsito no País. Em 2018 foram 191 mil motoristas indenizados, sendo 103 mil entre 18 e 34 anos. Destes, 62% conduziam motos.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Quando consideradas todas as vítimas de um acidente, envolvendo motorista, passageiro e pedestres, as motos ainda causam seis vezes mais acidentes do que os carros.

De acordo com a seguradora Líder, que controla o DPVAT, os motociclistas jovens também são o grupo que mais morre no trânsito. Cerca de 40% das indenizações por morte pagas em 2018 foram causadas por acidentes com motos. São Paulo, Minas Gerais e Paraná têm as maiores quantidades de indenizações por morte pagas.

Motoristas entre 18 e 34 anos também representaram a maior parte das indenizações por invalidez permanente e gastos médicos. Foram 43% dos casos de 2018. Foram cerca de 140 mil seguros pagos.

O DPVAT

O DPVAT é o seguro obrigatório pago todo ano junto com o licenciamento dos veículos. Qualquer pessoa que se acidente no País pode solicitar as indenizações. Os valores vão até R$ 13.500 no caso de morte ou invalidez permanente. Metade do valor pago vai para a União, 45% para o SUS e 5% para o Denatran, que investe em programas de educação no trânsito.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais